Masturbação anal: como estimular o ânus sem mais ninguém?

Masturbação anal: como estimular o ânus sozinha?

A Masturbação anal pode ser o que você precisa para ter orgasmos intensos! No entanto, quando falamos de sexo anal, as pessoas desviam o assunto por vários motivos – geralmente tabus. Então, a própria masturbação anal acaba sendo deixada de lado. Embora você não seja obrigada a experimentar o estímulo no ânus, o mesmo não deixa de ser interessante.

Isso porque essa região possui diversas terminações nervosas, ou seja, o estimulo ali é muito prazeroso. Independente do que as pessoas dizem ou que seja tabu, os toques corretos no ânus podem te levar às nuvens.

O que é a masturbação anal?

A masturbação anal, assim como tudo o que envolve o ânus, é pouco comentada. De modo geral, tudo o que envolve o prazer nessa parte do corpo ainda é considerado um tabu. Mas é preciso ressaltar que essa masturbação é extremamente prazerosa tanto para homens, quanto para mulheres.

Trata-se de uma manipulação do ânus que pode ser feita de várias formas. A intenção é buscar o prazer de forma relaxante e intensa. Ela pode ser feita pelo próprio indivíduo, sozinho em casa ou, se preferir, por outra pessoa durante o sexo.

Para os homens, esse tipo de masturbação é ainda mais prazerosa, visto que a próstata possui diversas terminações nervosas que potencializam o orgasmo masculino. Mas atenção, isso não quer dizer que as mulheres não sintam algo semelhante. O orgasmo anal é para todos!

7 dicas para praticar a masturbação anal

1. Abuse do lubrificante

Na masturbação anal, é muito importante usar lubrificante sem dó. Então, como o ânus não tem qualquer tipo de lubrificação, o jeito é investir. Dê prioridade aos produtos neutros a base d’água para evitar qualquer tipo de irritação.

Existem ainda produtos que são exclusivos para estímulo anal. Então, faça uma pesquisa do que mais lhe agrada e não hesite em usar.

Compre aqui o seu Lubrificante Neutro Vibrio 

2. Vá devagar na masturbação anal

Você não precisa pular qualquer etapa. Vá com calma, pois a região é muito delicada. O ânus não pode ser facilmente penetrado sem dor, como o canal vaginal, por exemplo. Uma dica importante: nunca use pomadas anestésicas para ir mais rápido. Embora você não sinta nada na hora, a região pode sofrer algum dano e você sentirá quando o efeito passar.

3. Invista em sex toys

Existem diversos sex toys que podem servir perfeitamente bem nesse momento. Então, dê uma olhadinha nos vibradores anais ou plugs para ter prazer. Mas tenha consciência de usar somente os produtos seguros para o ânus. Diferente do canal vaginal, que tem um fundo, no caso o colo do útero, as coisas podem se perder no ânus.

4. Dê uma atenção ao clitóris

Embora a masturbação esteja sendo feita no ânus, não deixe o clitóris de lado. Quando você está com tesão, ele costuma ficar inchado, pronto para o estímulo duplo. Então aproveite para brincar com ele e ter orgasmos múltiplos e intensos.

Dá para usar um sugador de clitóris enquanto usa um plug anal, hein?!

5. Gel sensorial é uma boa!

Anestesiar não é bom, mas expandir os sentidos pode ser. Então, experimente usar os géis sensoriais que dão sensação diferente. Podemos encontrar por aí os que deixam a região quentinha, assim como os que esfriam.

6. Teste movimentos diferentes na masturbação anal

A masturbação anal fica melhor quando você se conhece. Então, experimente novos movimentos para saber o que realmente lhe agrada. Movimentos mais rápidos ou lentos, profundos ou rasos, tudo depende de como você vai reagir.

Esse pode ser o primeiro passo para o sexo anal futuramente. Assim você pode falar para o seu parceiro ou parceira o que mais gosta.

7. Entenda a anatomia do seu ânus

Por fim, mas não menos importante, é sempre bom conhecer a anatomia dessa parte do corpo. Uma coisa que poucas pessoas sabem é que o ânus possui o esfíncter e o reto. O esfíncter é a estrutura muscular responsável pelo contorno do canal.

Trata-se de um lugar cheio de terminações nervosas, então precisa ser bem estimulado para não causar dor. Já o reto é a parte do ânus que tem acesso após passar pela “entrada”. Ele não tem qualquer tipo de lubrificação natural e é bem apertadinho. Por isso ele causa tanto tesão nos homens que desejam penetrá-lo.

Melhores posições para tentar a masturbação anal

1. Sentada

Essa é a posição mais comum, principalmente quando se faz a masturbação anal sozinha. Basta colocar o toy em uma cadeira, bem equilibrado. Depois se sentar, de preferência de frente para a cadeira para ter um controle melhor.

É bom segurar a parte de trás da cadeira, onde se coloca as costas, para melhor estabilização. Depois é só controlar o ritmo como preferir para alcançar orgasmos múltiplos.

2. De quatro

A posição, que é uma das preferidas no sexo, também é perfeita para a masturbação anal. Basta ficar na posição cachorrinho, com os joelhos apoiados no chão ou na cama. Depois, com uma das mãos, faça o estímulo no ânus com os dedos ou os toys que escolher.

Você pode também utilizar um vibrador com ventosa na parede do banheiro, para facilitar a penetração. Depois é só fazer o encaixe e os movimentos de ida e vinda.

3. Deitada de costas

Essa é uma das posições mais prazerosas, visto que permite uma penetração profunda. Assim como as demais, é bem simples. Consiste em deitar-se de costas e trazer os joelhos para o peito. Para deixar ainda mais fácil, coloque um travesseiro por baixo das costas, levantando o quadril e permitindo um acesso mais fácil à zona anal.

Agora é só estender o braço em direção ao ânus para estimulá-lo como preferir. Use os dedos ou os toys que quiser.

4. Com o rosto para baixo

Agora sim, a posição mais fácil, mas extremamente prazerosa para realizar a masturbação anal. Basta deitar-se de bruços em uma cama e colocar o braço para trás, descansando-o nas costas. Enquanto isso, a mão estimulará o ânus, seja com um toy ou com os próprios dedos.

Cuidados que devem ser tomados ao fazer a masturbação anal

1. Higiene

Embora pareça algo muito simples, existem diversos cuidados que devemos ter antes de realizar a masturbação anal. O primeiro dele é com a higiene. O ânus é uma região delicada e pode ser a “porta de entrada” para algumas bactérias.

Então, é importante lavar bem as mãos antes de praticar a masturbação. Os toys também precisam ser higienizados da forma correta. A nossa indicação é o Limpa Vibrio, o nosso higienizador de toys. Além de deixa-los limpos, ainda protege contra fungos e bactérias, além de combater o ressecamento do mesmo.

2. Corte bem as unhas

Esse é um grande problema, principalmente para as mulheres. Então, atente-se ao tamanho das unhas antes de começar o estímulo, evitando assim o risco de machucar. O canal é cheio de veias frágeis e delicadas que podem se romper facilmente. Além de aparar as unhas, outra dica de ouro é usar luvas, eliminando por completo o risco de “acidentes”.

3. Evite lubrificantes com anestésicos

Ninguém gosta de sentir dor! E por isso que existe um caminho que precisa ser respeitado para realizar a masturbação anal. Uma recomendação importante é: nunca use lubrificantes com anestésicos. Anestesiar a região faz com que não sinta dores, mas não elimina a possibilidade de causar lesões.

Ou seja, a pessoa anestesiada vai fazer uma penetração de forma grosseira. Quando o efeito passar, o incômodo vai ser notável. Inclusive, sangramentos podem acontecer sem serem percebidos, visto que a região não pode ser vista.

4. Não exagero na hora de introduzir

Outro cuidado especial é: não introduza o toy de forma exagerada. Principalmente se estiver começando agora, a recomendação é não ultrapassar 10 centímetros. E quando quiser aumentar o tamanho, precisa ir com calma, sem pressa para não causar qualquer ferimento.

Fontes: Dona Coelha; Metrópoles

Recomendados para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *