20 livros eróticos imperdíveis escritos por mulheres

20 livros eróticos imperdíveis escritos por mulheres

Existem vários livros eróticos escritos por mulheres que vão ampliar sua visão sobre esse tipo de conteúdo. É um mercado que está em constante crescimento, mas por muitos anos os mesmos autores ficaram em evidência. Portanto, é interessante ver esse universo por outros olhos, no caso, os das mulheres.

A fim de ajudar a dar esse passo, listamos alguns livros eróticos escritos por mulheres que vão prender sua atenção. Se você é um (a) amante da literatura erótica, vai gostar ainda mais. Se não conhece o gênero, então é hora de se permitir. Confira conosco a seguir.

20 livros eróticos escritos por mulheres

1. Acordo Pré-Nupcial (Ane Pimentel)

Ane Pimentel é o pseudônimo de uma dupla de autoras de Aracajú. Elas abrem essa lista de livros eróticos escritos por mulheres da melhor forma. São mais de 10 livros publicados com essa autoria, tornando-as, então, autoras de Best-Seller na Amazon Brasil.

“Acordo Pré-Nupcial” traz a história de Alexandre e Gabriela. O homem, solteiro convicto e Gabi, a personificação da liberdade. Quando se encontram, Gabriela decide deixar claro que está se relacionando, mas não quer compromisso. Alexandre então aceita a proposta, já que não esconde sua aversão à casamentos.

O rumo da história muda quando os pais de Alexandre decidem condicionar a herança a um neto. Ou seja, o fruto de um matrimônio. Ele precisa se casar se quiser herdar. Gabriela é rica e bem resolvida, não tem motivos para aceitar essa proposta. A trama traz a história completa, encantando a todos que leem.

2. Dono de Mim (Katherine Laccom’t)

20 livros eróticos imperdíveis escritos por mulheres

“Dono de Mim” é um livro para maiores de 18 anos. É uma obra escrita por Katherine, uma autora do Paraná que vive em São Paulo. Ao todo, Katherine já escreveu mais de 10 livros e tendo um grande destaque no meio. “Dono de Mim”, por exemplo, é um dos queridinhos dos amantes do universo erótico.

O livro retrata uma história de amor que nasce em meio a busca do prazer. Manuela é uma mulher de pulso firme. Rodrigo, por sua vez, é um homem solteiro e mais cobiçado do país, visto que é muito bem sucedido. Os dois se encontram, mas Rodrigo não se interessa com nada, apenas com sua própria ganância. Manuela tem o poder de deixa-lo louco.

Ela, então, aceita ser submissa a ele no sexo, mas não aceita a expressão Dono de Mim. Ele é um forte dominador de BDSM e não abre mão de ser tratado como um superior. Entre a paixão e as práticas sexuais, nasce um grande amor.

3. Conquiste-me: A História de Christopher e Olivia (Tamires Barcellos)

Tamires é da Baixada Fluminense e estudante de Letras. A autora best-seller da Amazon publicou seu primeiro livro em 2015. “Conquiste-me” é um dos seus romances eróticos mais famosos. A história mostra Christopher e Olivia.

Certo de que havia encontrado o grande amor, o príncipe Christopher perde toda a esperança, visto que foi traído. Decidiu-se então nunca mais amar novamente, tampouco teria um relacionamento sólido. Mas o destino trouxe Olívia, uma mulher linda e firme em suas decisões, que não aceitaria suas cantadas.

Entretanto, Christopher não aceitava um “não” como resposta. Sendo assim, prometeu a si mesmo que teria a jovem Olivia em sua cama a todo custo.

4. O Safado do 105 (Mila Wander)

20 livros eróticos imperdíveis escritos por mulheres

Mila Wander é escritora formada em Pedagogia. Ela começou a escrever por hobby, mas viu que poderia ir além. O livro “O Safado do 105” já foi lido por mais de 4 milhões de pessoas no Wattpad. E por isso foi publicado pela Editora Planeta.

A trama conta a vida de Raíssa, uma analista de sistema de 28 anos que consegue comprar seu primeiro imóvel. Agora ela realiza o sonho de morar sozinha. No novo lar, descobre que o seu vizinho é chefe de cozinha, além de ser um lindo e alto homem. O apartamento 105 é muito visitado por mulheres e Raíssa vê e ouve tudo.

Ela fica curiosa e decide que quer conhecer os dons do vizinho. A protagonista está ciente de que não irá se apaixonar por ele, mas pode estar totalmente enganada.

5. Confissões de Afrodite (Rita Queiroz)

A autora Rita é professora da Universidade de Feira de Santana. Ela já publicou mais de 10 livros no grupo Confraria Poética Feminina. “Confissões de Afrodite” é um dos mais populares na lista de livros eróticos escritos por mulheres.

Afrodite é a deusa grega do amor, beleza, sedução, sexo e sexualidade. Então a autora se inspira nela para relevar suas malícias sem medo. Assim expõe em seus poemas um ritmo sexualmente frenético. Rita consegue prender por horas a atenção de leitores e leitoras amantes do universo literário erótico.

6. O Amor Não Tem Leis (Camila Moreira)

20 livros eróticos imperdíveis escritos por mulheres

Camila Moreira entrou para o mundo da literatura erótica aos 29 anos. “O Amor não tem Leis” é o primeiro livro da duologia. A obra chegou a ser citada pelo jornal americano The Washington Post. Portanto, é um livro bastante conhecido e aclamado.

O livro conta uma história que começa no trabalho, mas termina na cama. Alexandre é um grande advogado e Maria Clara é sua nova estagiária. Os dois vivem em constante confronto. Portanto, encontram no prazer a paz que precisam. Clara quer somente sexo casual, enquanto Alexandre começa a se ver cada vez mais envolvido emocionalmente.

Mas o enredo muda totalmente quando Maria passar a ter medo de se apaixonar. O advogado tenta, a todo custo, conquista-la e fica difícil resistir ao seu charme e tudo o que vivem. Tudo o que ela realmente precisa é superar os seus medos e seguir em frente.

7. Função CEO: A Descoberta do Prazer (Tatiana Amaral)

Tatiana, a autora da obra, é baiana e muito expressiva. Começou sua carreira por meio das redes sociais. No entanto, já possui mais de 10 livros publicados. Dentre eles, a trilogia “Função CEO” se destaca.

Melissa Saimon começa um estágio como substituta da secretária executiva do CEO de uma grande empresa. Roberto Carter é o líder do grupo empresarial C&H Medical Systems. E rapidamente eles se apaixonaram. O que sobrou foi descobrir que eram perfeitos para o sexo, prazer e amor. Mas, devido às suas posições na empresa, eles não podem se apaixonar, o que é uma tarefa difícil.

8. As Infinitas Possibilidades do Nunca (Juliana Dantas)

20 livros eróticos imperdíveis escritos por mulheres

Em 2016 Juliana decidiu que se entregaria à literatura. Hoje ela tem mais de 15 livros publicados na Amazon. Um deles é “As Infinitas Possibilidades do Nunca”, um dos seus romances eróticos de maior sucesso.

O livro traz a história de Sarah, uma garota que não pensa em se relacionar com ninguém até terminar os estudos. Com medo do futuro, ela combina com o seu melhor amigo de perderem a virgindade juntos se nada der certo na vida amorosa de ambos.

Sarah, vendo a empolgação de Leo, começa a desconfiar que ele tenha sentimentos por ela. Mas tudo o que ela menos quer é que eles se envolvam, visto que seus pais também são muito amigos e já se casaram e divorciaram. Então Sarah conhece Nathan, um cara lindo e misterioso e propõe que eles transem. Ele aceita e impõem que não podem se apaixonar.

9. Erotikós (Luciana Fauber)

Luciana Fauber é escritora e revisora, bacharelada em Letras. Em 2019 lançou o livro “Erotikós” em formato físico pela Editora Vecchio.

De acordo com a autora, esse é um ato de rebeldia e descoberta. Ele conta com 40 poesias repletas de cenas quentes e fetiches do eu-lírico.

10. Redenção e Desejo (Ariela Pereira)

20 livros eróticos imperdíveis escritos por mulheres

Ariela Pereira é de Tocantinópolis, Tocantins, e formada em Pedagogia. Seu livro “Redenção e Desejo” é um sucesso de vendas na Amazon.

A história traz o empresário Lowell Dixon que tem tudo em suas mãos. Ele se hospeda em um hotel na beira da estrada em um dia de forte tempestade. E lá se sente atraído por Madison, uma das funcionárias. Depois de muito tentar atrair a jovem, os dois descobrem que não passam de velhos conhecidos.

A mãe da mulher trabalhou na casa do empresário, mas fora demitida de forma injusta. Lowell teria arruinado a vida de Madison e sua mãe. Porém, agora ele está disposto a ajuda-la.

11. Subindo Pelas Paredes (Alice Clayton)

Alice Clayton é uma autora norte-americana. Ela trabalhou por anos na área cosmética como maquiadora e esteticista. No entanto, decidiu começar a escrever aos 33 anos e, para a sorte dos fãs, nunca mais parou.

“Subindo Pelas Paredes” conta a história de Caroline Reynolds. Ela é uma mulher bem sucedida, com a vida toda organizada. Mas tudo muda quando ela decide morar em um novo apartamento, com um vizinho um tanto quanto barulhento. Ele não esconde de ninguém suas agitadas noites de sexo, sem qualquer nível de vergonha. Sendo assim, Alice decide confrontá-lo, mas acaba encantada de uma forma que não esperava.

12. Pegando Fogo (Abbi Glines)

20 livros eróticos imperdíveis escritos por mulheres

Abbi é uma grande autora com vários livros na lista dos mais vendidos do The New York Times. Suas obras já venderam mais de 400 mil exemplares somente no Brasil. Vivendo em Alabama, ela ainda alimenta o seu blog e sua página do Facebook.

O livro conta a história de Nan Dillon, que se apresenta para os outros como se tivesse uma vida perfeita. No entanto, por dentro, não é bem assim. Ela vive dificuldades e precisa lidar com a opinião de sua família, com a qual se importa muito.

Além disso, Nan se encontra presa às críticas do seu ex. Tudo isso pelo menos até conhecer Major Colt, um homem indiferente. Sendo assim, os dois partem para um encontro nada memorável e, diante disso, ela decide viajar para Las Vegas. É aí que conhece Gannon, um homem bastante sedutor. Major pede uma nova chance para se mostrar uma pessoa melhor. Com tudo isso, Nan se encontra dividida entre os dois.

13. Delta de Vênus (Anaïs Nin)

Anaïs Nin foi uma grande autora francesa nascida em fevereiro de 1903. Especialmente por isso suas obras eróticas chamam a atenção, visto que na época era difícil para uma mulher se expor assim.

“Delta de Vênus” mistura diversos elementos eróticos em uma linguagem muito elegante. Além disso, destaca-se pela vulgaridade na medida certa. O livro explora várias formas do erotismo com personagens de sexualidades variadas. Outro ponto forte são as posições sexuais ousadas descritas em suas páginas. Portanto, a obra promete chocar e encantar ao mesmo tempo.

14. Pornô Chic (Hilda Hilst)

20 livros eróticos imperdíveis escritos por mulheres

Hilda de Almeida Prado Hilst, ou melhor, Hilda Hilst, foi poeta, dramaturga e cronista brasileira. Ela é considerada como uma das maiores escritoras em língua portuguesa do século XX.

Em “Pornô Chic”, ela aborda com muita elegância o universo da libido humana, principalmente das mulheres. Portanto, a sexualidade apresentada nesse livro vai além das barreiras convencionais pré-estabelecidas.

15. Toda Sua (Sylvia Day)

Sylvia Day é uma grande escritora nipo-estadunidense. Ela escreve também sob os pseudônimos SJ Day e Livia Dare. Hoje, se destaca por ser uma best-seller em 28 países.

“Toda Sua” é considerado por vários leitores o sucessor de “50 Tons de Cinza”. A obra traz a história de Eva Tramell, uma jovem de apenas 25 anos que mora em Manhattan. Eva acabou de integrar uma das maiores agências de publicidade dos Estados Unidos, a Waters Field & Leman.

A jovem conhece Gideon Cross, o dono tanto da empresa quanto de todo o prédio onde ela fica. Então os dois engatam em uma relação que começa como prazer casual. No entanto, aos poucos vai se tornando uma paixão ardente. Toda essa história começa reviver traumas antigos de ambos, o que prende qualquer leitor.

16. Afrodite (Isabell Allende)

20 livros eróticos imperdíveis escritos por mulheres

Isabel é uma grande escritora chilena capaz de mesclar dois campos diferentes: gastronomia e erotismo. Ela prova nessa obra que é possível fazer a harmonização de ambos. Segundo ela, é possível ativar a memória sensual de várias formas, mesmo com a gastronomia.

No livro, amor, apetite e desejo se unem para formar grandes pratos, molhos, sopas e etc. Outro ponto forte é o nome da obra, que representa a deusa do amor, do sexo, da fertilidade e beleza.

17. Codinome Lady V (Lorraine Heath)

Lorraine Heath é uma autora americana que se destaca com romance contemporâneo, histórico e paranormal. No entanto, “Codinome Lady V” é voltada para jovens adultos.

O livro mostra a vida de Minerva Dodger, uma mulher rebelde que vive em uma época onde o dinheiro estava acima de tudo. Então, negando as tradições do seu povo, ela decide abandonar a vida polida para se jogar às experiências sexuais em um clube local. No entanto, ela não esperava encontrar por lá um dos homens mais cobiçados da sociedade londrina, com quem ela desenvolve uma grande relação.

18. Peça-me o Que Quiser (Megan Maxwell)

20 livros eróticos imperdíveis escritos por mulheres

Megan é uma romancista romântica espanhola que se destaca na lista de livros eróticos escritos por mulheres. Atualmente vive na Espanha e desde 2009 já escreveu diversos romances.

“Peça-me o Que Quiser” é o primeiro da trilogia da autora e também um dos maiores romances eróticos. Ele traz a vida de Judith Flores e o chefe, Eric Zimmerman. Os dois possuem personalidades totalmente diferentes, mas ficam fixados pelas manias um do outro. Durante a leitura é possível acompanhar os problemas que eles precisam enfrentar com o caso.

19. Amigo Secreto (Sylvia Day)

Impossível adicionar à lista somente uma obra de Sylvia Day. Como falamos acima, a autoria é bastante aclamada e com diversos sucessos em seu currículo.

“Amigo Secreto” é focado nas partes mais quentes de muitos relacionamentos. Desse modo, a história se divide em duas partes. Primeiramente traz o envolvimento de Stephanie Martin com seu colega de trabalho. O homem encontra um papel de Stephanie que o listava como “item” essencial para o amigo secreto.

E o livro termina com o conto de Anastásia Miller. Ela está muito intrigada frente a um crime e o seu reencontro com um antigo relacionamento.

20. A Vida Sexual de Catherine M. (Catherine Millet)

20 livros eróticos imperdíveis escritos por mulheres

Catherine é uma autora de vários livros sobre arte contemporânea. Além disso, é especialista na obra do pintor espanhol Salvador Dalí e do artista plástico Yves Klein.

Em “A Vida Sexual de Catherine M.”,ela traz algumas analises de suas memórias sexuais ardentes. A princípio, conta histórias de quando perdeu sua virgindade aos 18 anos. Posteriormente o livro reúne vários planos de fundo e companhias na troca de “sexo pelo sexo”, ou seja, o sexo sem compromisso.

Fontes: Dicas de Mulher; iBahia; Abril

Recomendados para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *